Mais de 300 atletas suaram a camisa no Chico Mendes


O último fim de semana (20 e 21/2) foi agitado no Espaço Verde Chico Mendes em São Caetano do Sul, com a realização da primeira etapa do II Circuito Paulista de Basquete 3x3, realizado pela Associação Nacional de Basquete 3x3 (ANB 3x3). O campeonato é chancelado pela Federação Internacional de Basquete (FIBA), e garantia vaga na última e decisiva etapa, que acontece em junho, valendo uma vaga para o Mundial de Basquete 3x3.

Ao todo, 79 equipes e mais de 300 atletas, entre maiores de 18 anos, masculino e feminino, sub 15 e sub 18, entraram em quadra e mais 2.000 pessoas passaram pelo parque e acompanharam o evento que reuniu equipes de toda a região do ABC, do interior de São Paulo, da capital e também de outros estados, como Rio de Janeiro e Mato Grosso do Sul.

No sábado, 20, as categorias menores estiveram em quadra. Com competições sub 15 e sub 18, masculino. Depois de um dia de jogos, os campeões foram definidos e quem levou a melhor no sub 15 foi o time “Turma do Veio” e no sub 18, o título ficou com o “Amigos São Matheus”. No feminino, quem segue para a fase final são as meninas do “basquete Sanca”, pelo sub 18.

No domingo, 21 de fevereiro, foi a vez da categoria + 18 anos, que fizeram um verdadeiro show. Além das emocionantes partidas, teve campeonato de enterradas e competição de arremessos de 2 pontos (mesma distância dos três pontos do basquete olímpico).

Em três quadras, durante todo o dia, aconteceram jogos simultâneos das categorias feminino, masculino Open e masculino Pró (para as 12 melhores equipes no Ranking FIBA). Com sistema de grupos, cada equipe jogou ao menos duas vezes.

MASCULINO PRÓ Na categoria de maior competitividade, estiveram presentes equipes que se conhecem e vem se e enfrentando em vários campeonatos, isso porque já acompanham os circuitos de basquete 3x3 que acontecem.

Um dos grandes favoritos ao título da etapa veio do Rio de Janeiro, o “Lendas” vinha fazendo o campeonato perfeito e chegou a decisão, muito pela grande atuação do pivô Marcelão, número um no ranking nacional e 23º do Mundo.

Quem apareceu e quebrou o favoritismo foi o “São Paulo DC”. Com uma correria e a mão quente de Will, cestinha do dia com 49 pontos, os paulistas fizeram valer o mando de quadra e venceram a grande decisão por 21 a 17. O time vencedor é formado por Moises, Gustavo, Will e Soriani.

“Eu sou atleta, treino e me esforço bastante para chegar a dias assim e conseguir fazer a diferença. Enfrentamos um dos melhores times do Brasil, mas conseguimos a vitória. Agora, estando classific

ado para a última etapa, é treinar ainda mais e brigar por uma vaga no mundial”, comentou o campeão e cestinha da categoria Pró.

FEMININO Entre as mulheres, muita disputa e competitividade. Com atletas que atuam nas grandes ligas do basquete nacional, mas jovens revelações, as garotas mostraram intensidade e força, fazendo bons jogos.

O título ficou com a experiência. A pivô Alessandra, campeã mundial de basquete em 1994, era uma das jogadoras do “The Girls”, que na final encarou as “Descontroladas” e venceu por 11 a 06.

“Essa não é minha equipe, esse é um projeto que temos de incentivo ao basquete e fizemos um time para jogar aqui. No fim deu tudo certo, as meninas são muito dedicadas e ai conseguimos ser campeã. O evento foi muito legal, muito bem organizado e isso fortalece o basquete”, comentou Alessandra.

O time campeão era composto pelas jogadoras: Fabiete, Julynne, Alessandra e Gabriela.

MASCULINO OPEN Entre as equipes que ainda buscam pontuar para chegar ao ranking, um grande encontro de jogadores de todas as idades e com muitas mesclas entre jovens, adultos e experientes.

Quem despontou e apareceu foram os jovens do “On Fire”, que chegaram a decisão sem nenhuma derrota e na grande final, bateram o “Soul Power Old” por 17 a 10.

Para a categoria Open, qualquer equipe pode se inscrever e sendo campeã, como “On fire” ganha o direito de enfrentar as equipes do Pró, podendo chegar inclusive entre os melhores na última etapa.

O II Circuito Paulista de Basquete 3x3 é um projeto aprovado pela Secretaria de Esporte Lazer e Juventude do Estado de São Paulo, Lei Paulista de Incentivo ao Esporte e patrocinado pela AES Eletropaulo e contou com apoio da Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul.

O projeto Drible Certo no Mundo 2 é aprovado pela Lei de Incentivo ao Esporte da Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo, patrocinado pela Wheaton Brasil, com apoio Havan, e realizado pela Associação de Basquete de Rua de São Paulo – ABRSP.


DESTAQUES
RECENTES